segunda-feira, 11 de agosto de 2008

PREGOS NA CERCA



Decidi dar uma pausa nas bobagens (rápida só hoje!) nada contra, elas tem trazido bem estar a algumas pessoas, e agradeço por isso! Imaginem seguir um dia uma brilhante carreira de produção de besteiras e ganhar uma grana com isso, enquanto esse sonho não se realiza, então vamos falar sério um poquinho só pra variar.
Havia um garoto extremamente impulsivo, brigão, agressivo enfim; não conseguia manter a sua paz por nada no mundo, tudo era motivo pra brigar, xingar, ofender. Os pais já haviam levado a psicólogos, a mãe já havia conversado bastante e nada, até eles eram alvos da agressividade do garoto, foi a partir deste ponto que o pai resolver aplicar uma terapia por conta própria.
Deu pregos e martelo para o garoto e o orientou a não segurar sua raiva e sim direcioná-la, toda vez que ele sentisse vontade de xingar, ofender ou agredir alguém que fosse até o quintal e lá na cerca escolhesse um espaço para bater um prego, esse era o acordo não segurar a raiva mas transformá-la em pregos na cerca.
Durante algum tempo o garoto relutou, mas atendeu ao apelo do pai e começou a bater pregos na cerca toda vez que sentisse ódio (imagina se ele martelasse o dedo!? vixi o pai estaria f....) (viu não consigo falar sério por muito tempo!) o garoto enfim começou a notar que estava tendo cada vez menos ataques de raiva, e martelando menos pregos na cerca até que um dia ele não viu mais necessidade de martelar, cravar os pregos na cerca.
Seu sábio pai então entrou em cena novamente, levou o garoto para retirar os pregos da cerca, um a um o garoto retirou calmamente e se espantou com a quantidade de pregos que havia colocado, então o pai pediu sua atenção para as marcas deixadas na madeira, cada prego havia ferido profundamente a madeira, e isso era definitivamente o que o ódio do garoto representava, cada xingamento, briga ou ofensa que o garoto destinava a alguém deixava marcas e essas marcas seriam muito difíceis de sumir.
O garoto percebeu a sorte de ter a intervenção do pai naquele momento de sua vida, e notou o quanto de sofrimento poupou a várias pessoas e a si mesmo.
Convido a todos a refletir sobre o porque magoamos as pessoas, que tipo de motivo nos leva a xingar ou ofender principalmente as pessoas que amamos, quando fazemos isso sem querer desculpas podem resolver, mas e as ofensas feitas com o coração!? essas são como os pregos na cerca, após refletir sobre isso lembre-se de poupar a quem você ama de sofrimentos desnecessários, lembre-se de não descontar as suas frustrações, amarguras e ressentimentos em quem só quer o seu bem. É fácil xingar quando se está com ódio, e tudo o que é fácil não tem valor! Tente fazer o complicado e dizer Eu te amo! e deixe um comentário.

6 comentários:

Daniela disse...

Realmente td isso é muito difícil...mas é sempre bom tentar!!!!
E tem aquela lei tambem: Tudo q vc faz e deseja para o próximo,volta em dobro ou mais pra vc.
Beijos.

Veronica disse...

Lindo texto de hoje.... pra mim é fácil dizer EU TE AMO... tenho amor no coração e muita fé, vamos praticá-la???

Bjão queridos!!!!

Anônimo disse...

NOOOOSA !! ESTOU CONSTRUINDO A MINHA SEGUNDA CERCA !! KKK
BRINCADEIRA....JÁ FERIR MUITAS PESSOAS QUE HOJE EM DIA, QDO AS OLHO....A MÁGOA PASSOU, MAS FICOU UMA MARCA ENORME..NESSE CASO,SÓ A MISERICÓRDIA DIVINA PARA CICATRIZAR TOTALMENTE.
ABRAÇOS......ROZINHA

Moacir Félix disse...

ÉÉÉ ISSO É UMA FESTA? AE MENINAS OBRIGADO PELA PRESENÇA VOCÊS SÃO 10! BEIJOS

Anônimo disse...

Definitivamente se todos se utilizassem dessa crônica, nosso mundo seria bem melhor, se pelo menos nós e as pessoas ao nosso redor lessem isso e ENXERGASSEM de fato, nós também seriamos pessoas melhores. Parbéns! Grande liçao de vida.

lene disse...

Moa vc cada vez mais me supreende, agradeço a Deus todos os dias por ter um irmão como vc, hoje aprendi um pouquinho mais como ser mais gente.Obrigada pode ter certeza que muitas crianças vão ouvir essa mensagem.Bjs lene.