sexta-feira, 1 de agosto de 2008

BAIXA GASTRONOMIA


Certa vez surpreendi o mundo executando com perfeição uma receita do cozinheiro Francês Olivier Anquier, ainda por cima tendo como iguaria principal peixe, que eu particularmente odeio, na verdade se uma pêra cair no mar já não como, pois seria um fruto do mar! (vixi praça é nossa aqui vou eu!) Enfim nunca fui conhecido pelo meu refinado hábito gastronômico, e vou interagir com meus leitores (2) deixando primeiro algumas receitas de minha autoria, o que é esquisito beirando o bizarro! Nada nojento só coisa de quem não sabe cozinhar ou tem preguiça mesmo.

Pão e água: Trata-se exatamente disso quando não estou muito inspirado para criar nada, nenhum alimento pronto me apetece, pego qualquer tipo de pão, e uma garrafa de água gelada (squeeze, ex-fanta uva, gatorade coisa de pobre guardar garrafa vazia na geladeira!) e não vejo o mínimo problema em passar a pão e água!

Buraco quente: Dessa vez é um pão francês onde cavo o seu centro com os dedos afastando o miolo para as paredes, criando um baita de um buraco onde coloco feijão quente. Dependendo da hora da madrugada chamo de buraco frio (ah ninguém merece acordar pra esquentar feijão!)

Ovo high-tech: É o tal "zóião" o ovo frito, como faço a maioria dos meus rangos no microondas (afinal gás explode!) desenvolvi uma técnica onde uso um prato, coloco um pouco de azeite ou margarina e jogo o ovo por cima, 2 minutos e ligo, quando chega a 1 minuto dou uma mexida com a espátula e deixo o tempo acabar, jogo tudo dentro de um pão e forro o estômago com isso.

Miojo de moah: Miojo normalmente de carne, quebro em 4 e jogo na água (perceba o cuidado que tenho nos preparos "jogo"!) enfim coloco um pouco de molho shoyo pois o que faz o miojo não ser kinojo é a cor do caldo e pra mim quanto mais escuro melhor, um colher cheia de requeijão e o negócio já tá quase pronto, quando ferver acrescento o pózinho (também chamado de tempero!) e despejo numa tigela, duas fatias de mussarela dão o toque especial.

Enfim depois reclamo que to ficando gordolino, mas não se preocupem as vezes saio pra jantar, tenho reunião com amigos empresários em restaurantes legais (sim em Guarulhos tem!) Certa vez um vizinho me viu em ação contra o Miojo de Moah e disse: "Moleque você tem de comer dobradinha, buchada ou fava, já comeu? nossa você chega a suar!" Imaginei naquele momento que no paraiso as pessoas comem e ficam suadas, deve ser uma delicia!

Deixe um comentário e a sua receita esdruxula quero variar um pouco.

2 comentários:

Daniela disse...

Miojo de moah!!!!kkkkkkkk
Esse é bom demais!!!!
tenta colocar uns pedaços de linguiça calabreza defumada....fica bom tambem....
Bjs

Moacir Félix disse...

AH TÁ BOM AI ESSA GOROROBA VAI VIRAR MIOJO DE FEIJOADA... NÃO VAMOS ESQUECER DO BACON, FEIJÃO ETC!